Primeira pesquisa exclusiva eleitoral com Lula da Silva mostra Jair Bolsonaro na frente com 10 pontos dele, vencendo em todos os cenários possíveis

Dados da Imagem
Imagem produzida pela fonte originária com o resultado da pesquisa (Reprodução / CNN).

Primeira pesquisa exclusiva eleitoral com Lula da Silva mostra Jair Bolsonaro na frente com 10 pontos dele, vencendo em todos os cenários possíveis​


Apesar do notório e publicamente conhecido viés ideológico da rede CNN, tanto americana como a brasileira, muitas vezes eles acabam optando pela isenção e mostrando dados que podem corroborar com o entendimento a e leitura política que o POLITZ tem em relação à realidade fática do Brasil.

Nós não costumamos errar em nossas análises e a primeira pesquisa, exclusiva da CNN Brasil, mostra que não erramos mais uma vez, ao contrário de jornais em que suas controladoras são agentes financeiras, conhecidos por plantarem informações duvidosas. Uns verdadeiros antas que chegaram até divulgar que o nome de Lula teria 'disparado em trackings internos de pesquisas eleitorais' ou sabe lá o que isso significa. O resultado para o mercado financeiro foi catastrófico.

De qualquer forma, vamos aos dados.

Primeiro Turno

O levantamento foi realizado pela CNN em parceria com o Instituto Real Time Big Data, apontando o Presidente Jair Bolsonaro disparado com 10 pontos na frente de Luiz Inácio Lula da Silva para as eleições de 2022, já que se tornou elegível após as anulações dos atos da Operação Lava Jato pelo Ministro Fachin do STF, inclusive, anulando suas condenações.

Como bem notou a fonte originária, é a primeira pesquisa realizada após os acontecimentos que tornaram Lula elegível novamente.

A imagem de capa representa o cenário para o primeiro turno, logo depois, vem Sergio Moro com 10% e Ciro Gomes com seus 9% habituais.

Na lanterna, temos os pobres coitados salvadores da humanidade da esquerda, que possuem uma péssima leitura da realidade política e acham que tem qualquer chance de se tornarem presidentes, como Luciano Huck aparecendo com 7%, João Doria com míseros 4%, Amoedo vem com apenas 2% dos votos e Marina Silva, na lanterna, com apenas 1%. Sendo os três primeiros empatados tecnicamente conforme a margemde erro.

Já os votos nulos/brancos chegaram a 12% e os que não sabem ou não responderam com apenas 3%.

Segundo Turno

Considerando o segundo turno das eleições, o Presidente Jair Bolsonaro ganharia com uma certa folga do ex-presidiário Lula da Silva. Levantando em conta a margem de erro de três pontos percentuais, há um empate técnico no resultado.

Vejam a imagem divulgada:
1615383842475.png

Resultado da Pesquisa Para o Segundo Turno (Imagem: CNN/Instituto Real Time Big Data).
Com o cenário de Jair Bolsonaro enfrentando Ciro Gomes, o Presidente atinge 43% dos votos, enquanto o cearense chega apenas aos 36%. Brancos e nulos somaram 16% e os que não sabem ou que não responderam, apenas 5%.

Se o Presidente Jair Bolsonaro enfrentar Sergio Moro, ele também chega em primeiro com 41% contra 38% do ex-juiz. Brancos e nulos somariam 17% e os que não sabem e que não opinaram, apenas 4%.

Enfrentando o apresentador de televisão, Luciano Huck, que vem sendo apresentado pelo establishment como um grande salvador da pátria, uma solução do "meio" para a "polaridade" (como se isso fosse uma coisa ruim, porque ou você escolhe um lado ou o resto escolhe para você), aparece apenas com 31%, enquanto o Presidente Jair Bolsonaro chega com 46% das intenções de voto. Brancos e nulos nesse cenário chegam a 16% e 7% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

Um possível cenário com João Doria no segundo turno não foi divulgado, afinal, ele possivelmente é o político mais irrelevante e impopular da história recente da política brasileira, na nossa opinião é claro.

Dados da Pesquisa

Divulgamos os dados da pesquisa, tal como estão, sendo reproduzidos por nós:

A pesquisa ouviu 1.200 pessoas de todo o Brasil, sendo que a margem de erro é de três pontos (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%. Isto significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95 oportunidades.
A metodologia adotada foi a quantitativa, realizada via abordagem telefônica, com entrevistadores humanos. A divisão regional da pesquisa foi realizada por setores:
Setor 1 - Sul (15%)
Setor 2 – Sudeste (42%)
Setor 3 – Nordeste (28%)
Setor 4 – Norte / Centro-Oeste (15%)
A pesquisa não é registrada no Tribunal Superior Eleitoral, pois a lei só permite registro em período eleitoral.




Gosta do Nosso Trabalho?
O POLITZ é uma mídia livre, independente e que não recebe qualquer dinheiro público ou político/partidário e é mantida apenas por propagandas e assinaturas dos(as) nossos(as) leitores. Se você gosta do nosso trabalho, considere nos ajudar, desabilitando bloqueadores de propaganda e fazendo uma assinatura de qualquer valor.
Clique aqui para ser direcionado ao nosso Apoia.se

Nota Legal: Nossas publicação são necessariamente baseadas em fontes originárias/primárias/secundárias e são sempre citadas com os devidos links para conferência e verificação à informação, em respeito à responsabilidade solidária na via de dupla checagem dos fatos pelo POLITZ e pelo(a) próprio(a) leitor(a). Repudiamos as chamadas fake news, falsas narrativas e manipulações via desinformação propagadas pelas mídias tradicionais, criando mecanismos duplos para o fact checking.
Opiniões são diferentes de fatos publicados e noticiados e podem não representar necessariamente o posicionamento do POLITZ na qual exerce e defende incondicionalmente o direito à liberdade de expressão, livre manifestação de pensamento, de posicionamento político e religioso (Constituição Federal de 1988, art. 5º, incisos IV, VI, IX, XIX. - Pacto de San José da Costa Rica. Decreto n. 678/1992. arts. 12 e 13. - Declaração Universal dos Direitos Humanos, arts. 18 e 19 e outras legislações nacionais ou internacionais aplicáveis, especialmente nas quais a República Federativa do Brasil é signatária).
Créditos sempre devidos para todos os(as) autores(as), incluindo imagens de capa e do corpo, ilustrações e outras. Em caso de erro, correção, sugestão, violação de direitos autorais, utilize o botão "Denunciar", o formulário de "Contato" ou deixe um comentário. Tais solicitações são tratadas com prioridade.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
529
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom