• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

Projeto de escolas cívico-militares é um sucesso: 54 escolas em 15 estados e o DF aderiram ao projeto do governo Bolsonaro

Informações da Imagem
Alunos do Centro de Ensino 1 (CED) da Estrutural, região administrativa de Brasília, fazendo a formação antes do início das aulas - Créditos: Pedro Ladeira/Folhapress

O próprio Min. da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que o resultado foi "surpreendente".



O Ministério da Educação do Ministro Abraham Weintraub divulgou que 15 estados e o próprio Distrito Federal manifestaram interesse em aderir ao modelo de escolas cívico-militares.

É um sucesso.

Weintraub chegou a comentar que o resultado foi surpreendente:

- "Muito bom. Estamos animados e vamos começar o projeto. A demanda foi gigantesca. Está dentro do esperado. Tive até uma surpresa positiva, em dois estados que imaginei que não viriam, mas vieram."
Na região Sudeste, a região mais rica do país, apenas Minas Gerais teria declarado interesse. No Nordeste, uma das regiões mais pobres do país, apenas o Ceará declarou interesse. Todos os estados do Norte, Centro-Oeste e Sul aderiram ao plano revolucionário.

O modelo de escolas cívico-militares, como é chamado pelo MEC, prevê a atuação de militares da reserva (policiais, bombeiros ou membros das Forças Armadas) para administrar a escola. Nesse caso, diferente das tradicionais escolas militares, as próprias secretarias de educação é que determinam os currículos escolares, mas seguindo as regras definidas pelos militares, cobrando disciplina, horários, uniformes e costumes dos alunos.

A previsão é que o MEC gaste em torno de R$ 54 milhões no próximo ano para a implementação do projeto piloto em 54 colégios diferentes. Cada uma receberá R$ 1 milhão para adequação de infraestrutura. Espera-se que 216 unidades escolares entrem até 2023.

Lembramos que nos últimos anos as escolas militares vem ganhando bastante evidência por causa dos indicadores educacionais bastante positivos e por atacarem com a destreza militar o problema da indisciplina, que assola todas as regiões do país.

Obviamente, há educadores, provavelmente amantes de Paulo Freire, que estão reclamando do projeto.
Fontes das Informações

Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
446
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom