Protesto com a hashtag #TodosContraFelipeNeto continua em primeiro lugar nas tendências do Brasil no Twitter com mais de 200 mil menções

O YouTuber Felipe Neto vem causando uma confusão nas redes sociais digna de aparecer em primeiro lugar nos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

Cada vez mais que ele se aproxima da política brasileira e não duvidamos em nada que um dia ele se candidate à algum cargo público, o YouTuber gera mais revoltas nas redes.

Recentemente o mesmo enfrentou uma manifestação na mesma rede social com a hashtag #MãesContraFelipeNeto, onde elas protestavam contra ele por conta do teor dos seus vídeos, normalmente voltado ao público infanto-juvenil.

Desde ontem, uma nova hashtag #TodosContraFelipeNeto apareceu nos Top Trends do Twitter, conforme o print a seguir, já chegando a mais de 230 mil menções:

1595942566561.png

Provavelmente o fato se deve ao ponto de que Felipe Neto vem se tornando um grande expoente do establishment político do Brasil, recebendo apoio inclusive do presidenciável (ou não), Luciano Huck, que também sofre críticas na internet constantemente.

Hoje, no momento de fechamento da reportagem, registramos uma nova menção ao YouTuber, com a hashtag #FelipeNetoLixo:

1595942760732.png

Também sabemos que o Ministro Barosso do Supremo Tribunal Federal fará uma live promovida pelo site jurídico JOTA com o próprio YouTuber, tão criticado nas redes sociais.

Será esse mesmo o expoente "jovem" ideal para se debater política com um Ministro da Suprema Corte brasileira?

Os Assuntos Mais Comentados do Twitter podem ser conferidos a partir do seguinte link:


Outras ferramentas disponíveis na internet que utilizam a API do Twitter registram com mais precisão o alcance e as interações da rede, caso alguém queira se aprofundar nos detalhes e no teor dos protestos contra o YouTuber.
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
1.056
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom