Prudente e sofisticado, João Doria (PSDB) afirma que não usará a Cloroquina para combater o vírus chinês: 'Sigo os médicos e não o Bolsonaro'

O governador do estado de São Paulo, João Doria, aparentemente está com Jair Bolsonaro vivendo dentro de sua cabecinha tucana 24 horas por dia sem ao menos pagar aluguel para o Presidente da República.

Nos constantes comentários sobre o Presidente Bolsonaro, João Doria voltou a alfinetar o Presidente gratuitamente ao comentar sobre o uso da Cloroquina para tratar a sua infecção do vírus chinês e aparentemente, após ter tomado a vacina chinesa contra o Coronavírus/Covid-19, não aparentou funcionamento, já que o seu teste confirmou a infecção.

Hoje, nessa quarta-feira, João Doria afirmou que não está tomando Cloroquina para tratar o Coronavírus: "Só tomo aquilo que os médicos recomendaram, não o que o presidente Bolsonaro recomenda [...] Os médicos não me recomendam cloroquina. Aliás, o Dr. [infectologista] David Uip não me prescreveu nenhum medicamento, apenas o isolamento".

O anúncio da sua infecção foi feito pelas redes sociais:

Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
392
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom