Randolfe Rodrigues apela e pede prisão do Ministro Abraham Weintraub no STF por ele ser 'incompatível com o regime democrático'

O Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) partiu para a apelação e protocolou um pedido de prisão contra o Ministro Abraham Weintraub no Supremo Tribunal Federal por supostamente, o comportamento do Ministro ser "claramente incompatível com o regime democrático".

No pedido, o Senador solicitou que ele seja também afastado imediatamente do cargo e sofra uma operação de busca e apreens˜zo contra os celulares e computadores do Ministro.

Tal peça foi protocolada no âmbito do inquérito inconstitucional das Fake News, sob relatoria do Ministro Alexandre de Moraes.

Para Randolfe, chamar os Ministros do STF de "vagabundos" e afirmar que queria vê-los presos é uma conduta inaceitável.

Em reunião ministerial de 22 de abril citada por Sergio Moro, Weintraub disse: "Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF".

No último domingo, o Ministro também compareceu a manifestação em apoio ao Presidente Jair Bolsonaro e reiterou o que tinha dito na reunião: "Já falei minha opinião, o que faria com esses vagabundos".

Randolfe ainda cita uma investigação de crime de racismo por uma piada com o sotaque chinês.

Segundo o Senador, a conduta do Ministro é é claramente incompatível com o regime democrático, com violações diretas à Lei de Segurança Nacional e à Lei de Crime de Responsabilidade":

- "Não se pode permitir, de forma alguma, qualquer tipo de ameaça contra a democracia e contra minorias [...] O Ministro precisa se compor e aceitar que está sob a égide do Estado Democrático de Direito. Não há espaço para ameaças às instituições e à Constituição Federal."
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
324
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom