Renomado Professor e Advogado da Faculdade de Direito de Harvard: "Joe Biden não é o Presidente Eleito"

A fonte originária trouxe para nós a opinião de um dos maiores e mais renomados professores de Direito na Faculdade de Harvard, nos Estados Unidos e o POLITZ decidiu trazer essa informação para vocês.

Caso tenham dúvidas sobre a origem da informação, basta checarem o link da fonte originária, colocado logo abaixo como de costume após a nossa reportagem.

O professor Alan Dershowitz afirmou em alto e bom tom:

- "O presidente eleito não é nomeado como presidente eleito até que tenha pelo menos 270 certificados estaduais de eleitores ou que seu oponente conceda a vitória. Nada disso aconteceu até agora [...] Acho que ele tem o direito de se descrever como o presidente eleito. No momento, ele ganhou cerca de 305 votos eleitorais e o presidente Trump tem o direito de contestar isso. Isso é liberdade de expressão. Isso é política. Nenhum dos dois tem o direito, por questão de lei ou de constitucionalidade, de dizer que é o presidente eleito."
Uma maneira legal e possível da Campanha de Trump fazer com que os eleitores não votem é que, se as contestações no tribunal não forem resolvidas, alguns secretários de estado, muitos dos quais são republicanos, podem se recusar a certificar o voto até meados de dezembro, Dershowitz disse.

"Isso será questionado no tribunal. E isso será uma bagunça, criaria uma crise constitucional de um tipo que não tivemos antes", disse ele.

Ele observou que os advogados de Trump estão contando com uma disposição constitucional que move a eleição para a Câmara dos Representantes se não houver um vencedor definitivo no Colégio Eleitoral até meados de dezembro.

"Eu entendo por que a equipe jurídica de Trump está tentando fazer com que a eleição seja lançada na Câmara dos Representantes. Esse é o seu direito constitucional. E eu não posso condená-los por usar todos os recursos legais possíveis. É isso que os advogados fazem".

"Acho que as ações judiciais no final não trarão uma reversão da sorte para Donald Trump", acrescentou ele mais tarde. "Acho que no dia 20 de janeiro Biden será eleito presidente e empossado como presidente dos Estados Unidos, mas não tenho críticas à equipe de Trump por lutar e lutar e tentar tudo que pode legal, ética, constitucionalmente politicamente, para tentar preservar sua presidência."

O professor foi um dos principais advogados de defesa de Donald Trump durante o processo de impeachment que correu pelo Senado mais cedo neste ano.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
248
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom