Rodrigo Maia diz ser 'zero a chance de apoiar chapa Sergio Moro' por ser de 'extrema-direita' e diz que Huck, Doria ou Mandetta são 'bons candidatos'

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, eleito pelo Rio de Janeiro com pouco mais de 70 mil votos, já deu o seu 'parecer' quanto ao seu apoio para chapas presidenciais nas próximas eleições para quem for concorrer contra o Presidente Jair Bolsonaro (e boa sorte para quem for).

Não que o apoio dele conte com alguma coisa positiva para qualquer candidato, já que sua impopularidade perante à sociedade brasileira não é lá essas coisas, podendo até ter um efeito contrário do esperado.

Maia, conforme demonstrado pela fonte originária, afirmou com toda as letras que Sergio Moro é uma pessoa de "extrema-direita":

- "Não posso apoiar uma chapa integrada por alguém de extrema-direita."


Segundo ele, a chance de apoiar Sergio Moro é "zero":

- "Moro já defendeu ideias e divide a parte do eleitorado de extrema-direita com Bolsonaro. Por isso ele cai nas pesquisas quando disputa com o presidente"


Ainda, conforme a publicação originária, "bons candidatos" que Rodrigo Maia considera são: Luciano Huck, João Doria, Henrique Mandetta e Hamilton Mourão.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
416
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom