• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

Seguindo os passos totalitários da China comunista, Senador Angelo Coronel quer incluir 'reconhecimento facial' para uso de celulares e redes sociais

Antes de dar início à leitura do POLITZ sobre a publicação da fonte originária, gostaríamos de destacar o fato de que o Senador Angelo Coronel, atual presidente da CPI das Fake News e relator do projeto que também cria uma Lei das Fake News, visitou no ano passado a Rússia, um país que não consegue largar (e nem assumir) que continua sendo um estado completamente totalitário, de forma menos escancarada que a China, ambos controlando e vigiando perigosamente seus cidadãos através do emprego de tecnologias, rastreamento, monitoramento, tudo em uma desesperada forma de controlar a liberdade de expressão e pensamento.

E seguindo exatamente esses mesmos passos de países como a China e a Rússia, o Senador Angelo Coronel agora quer incluir, ou melhor, "está estudando incluir em seu projeto a previsõ de que o cadastramento de celulares seja feito por reconhecimento facial".

Ou seja: o Estado, além de ter controle absoluto sobre a sua vida na internet, terá também a sua cara estampada junto com o seu CPF para cada comentário que você publicar e compartilhar nas redes sociais.

Em entrevista concedida à fonte originária, Angelo Coronel admite o estudo da possibilidade de se colocar reconhecimento facial para cadastro de celulares, que serão usados para qualquer um que utilize redes sociais.

Outro ponto dele, é a exigência de que programas de mensagens de texto e comunicação em tempo real, como o WhatsApp e o Telegram, guardem todos os arquivos e conversas por pelo menos três meses para que sejam rastreados:

- "É pilar. Proteger a sociedade e as instituições é o foco principal do projeto. Se não tem foco de proteção, se não for para proteger a sociedade, para que esse projeto?"


Angelo continua insistindo na ideia de que não há como identificar os autores e propagadores de mensagens inverídicas e afirma: "Não existe hoje outro jeito. Dou minha mão à palmatória se qualquer mestre de tecnologia me provar do contrário. Fica o desafio."

Dito isso, em seu Projeto de Lei, ele exige que internautas cadastrem seu número de telefone e documentos pessoais para utilização de redes sociais, mas acabou recuando quanto ao uso de documentos.

E agora, para piorar mais ainda essa porcaria totalitária, Angelo Coronel realmente estuda a possibilidade de adicionar o reconhecimento facil para uso de celulares:

- "O reconhecimento facial será para o futuro. Para se cadastrar em tudo, para provar que você é você. Minha preocupação é que a pessoa que está fazendo aquela conta é ela mesma, que não é laranja [...] Enquanto não se implanta isso, estamos lutando para que tudo que for criado seja por reconhecimento facial. Isso deve ser estendido a bancos. Está em teste. Estamos exigindo para que se evite uso de dados de CPF falsos."


Depois vocês podem conferir a entrevista completa do Senador que praticamente quer instaurar um Ministério da Verdade no Brasil, controlando, monitorando e limitando a liberdade de expressão e pensamento de todos na internet.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
414
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom