Senadores Republicanos dos EUA acionam Departamento de Justiça para tomar medidas legais contra Netflix por sexualização de crianças no filme Cuties

Trazendo em primeira mão as informações internacionais sobre a desgraça produzida pela Netflix conhecida como Cuties, um filme onde teoricamente (segundo a própria Netflix) serviria para fazer uma "crítica social ****" contra a sexualização de crianças, sexualizando elas e fazendo um verdadeiro serviço para os pedófilos do mundo inteiro, Senadores Republicanos decidiram acionar o Departamento de Justiça Americano para tomar providências legais contra um dos maiores canais de streaming do mundo.

O Senador Republicano Tom Cotton (Arkansas) e o Senador Republicano Jim Banks (Indiana) acionaram o Departamento de Justiça para levar a Netflix à Justiça por ter produzido essa desgraça humana.

Para quem não tem noção da gravidade do problema, um perfil no Twitter compilou em uma thread uma série de shots mostrando a desgraça francesa:


"Não há desculpa para a sexualização das crianças, e a decisão da Netflix de promover o filme 'Cuties'é nojenta na melhor das hipóteses e um crime sério na pior' disse Cotton à fonte originária em um comunicado. “Exorto o Departamento de Justiça a tomar medidas contra a Netflix por seu papel em empurrar representações explícitas de crianças para os lares americanos."

O congressista de Indiana, Banks, concordou com seu colega republicano, acrescentando que o DOJ deve preparar acusações contra a plataforma de streaming por distribuição de "pornografia infantil".

"Como pai de filhas pequenas, acho isso repugnante. Este filme não é apenas alimento para pedófilos, ele encoraja garotas muito novas a desafiar os desejos de seus pais e compartilhar imagens pornográficas de si mesmas com estranhos", disse Banks ao DC. "Nossa cultura percorreu um longo caminho nos últimos anos, reconhecendo o poder da televisão, dos filmes e das revistas para afetar as meninas."

"As lições ensinadas neste filme não são as que eu quero que minhas filhas aprendam." Banks continuou: "O DOJ deveria estar preparando acusações contra a Netflix por distribuição de pornografia infantil".

Um porta-voz da Netflix na quinta-feira defendeu "Cuties" como uma "crítica social" premiado, de acordo com o DCNF:

- "Cuties é um comentário social contra a sexualização de crianças pequenas. É um filme premiado e uma história poderosa sobre a pressão que as meninas enfrentam nas redes sociais e da sociedade em geral crescendo - e nós encorajaríamos qualquer pessoa que se preocupa com essas questões importantes a assistir ao filme".

Nojento e doentio. E alguém deveria ser preso por isso.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
1.717
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom