Twitter e Facebook estão acusando a China de usar contas falsas para enfraquecer os protestos em Hong Kong

De acordo com as declarações do Twitter e do Facebook, ambas as redes sociais desmantelaram uma operação coordenada pelos comunistas chineses para tentar enfraquecer os protestos democráticos que ocorrem em Hong Kong.

Só o Twitter teria suspendido pelo menos 900 contas aparentemente vinculadas com o esquema estatal, sendo perfis "mais visíveis" dentro de uma "rede maior de spam", de aproximadamente 200 mil contas.

O Facebook também está tomando atitudes contra esse esquema da ditadura chinesa.

Em um post no blog do Twitter, a empresa afirmou que "contas estavam tentando sabotar a legitimidade e as posições políticas do movimento de protesto em Hong Kong".

O que vocês esperavam de comunistas?
Fontes das Informações
  • Triste
Reactions: Ginsu2000
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Com o poder da China quando se trata disso. Nada me surpreende. Sério.
 

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
453
Comentários
1
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom