Twitter, em mais um avanço na liberdade de expressão, vai lhe alertar caso você esteja postando mensagens "ofensivas", ou melhor: o duplipensamento

Você está prestes a postar um tweet contendo uma linguagem "prejudicial" ou "ofensiva"?

Não se preocupe: o Twitter está experimentando um recurso que o avisa com antecedência, para que você não infecte acidentalmente nenhum outro internauta com seu pensamento "errado", ou melhor, o duplipensamento ensinado por George Orwell.

"Quando o emocional esquenta, você pode dizer coisas que não quer dizer", escreveu a conta de suporte oficial do Twitter em um tweet ontem.

"Para permitir que você repense uma resposta, estamos realizando uma experiência limitada no iOS com um aviso que oferece a opção de revisar sua resposta antes de ser publicada, se usar um idioma que possa ser prejudicial".

É um pouco do "pré-crime" no Minority Report de 2002 de Tom Cruise e muito de George Orwell em seu livro 1984. O Twitter notará quando você estiver prestes a usar um palavrão, dando a chance de evitar uma violação das regras e salvar sua conta do gulag digital.

"Estamos tentando incentivar as pessoas a repensar seu comportamento e repensar suas palavras antes de postar, porque geralmente estão no calor do momento e podem dizer algo de que se arrependem", disse Sunita Saligram, chefe global de política de sites do Twitter para confiança e segurança, em comentário à Reuters.

O departamento de "confiança e segurança" do Twitter foi reconhecido por sua gerente de política, Olinda Hassan, por ter uma política "controversa", em um vídeo secreto gravado pelo Project Veritas em 2018.

Na mesma conversa gravada secretamente, Hassan disse que uma das coisas em que a equipe de Confiança e Segurança estava trabalhando em 2018 eram maneiras de "fazer com que as pessoas de ***** não aparecessem". (O comentário foi feito em resposta a um repórter disfarçado que perguntava sobre a importância dos tweets do autor e cineasta Mike Cernovich).

O Twitter agora parece estar adotando uma abordagem diferente. Em vez de tentar fazer com que você não apareça, a plataforma pretende treinar seus usuários a partir de seu mau comportamento, como verdadeiros cães indisciplinados.

Nada melhor que um pouco de George Orwell batendo na sua própria porta.
Fontes das Informações
Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
458
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom