Vacina Chernobyl chinesa defendida por João Doria só teve efeito colateral 'leve' em 'apenas 35%' das cobaias humanas, segundo Butantan

Hoje, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, além de ter afirmado que a vacina chinesa meio Chernobyl seria a 'mais segura do mundo', a tal da Coronavac, fabricada pela chinesa Sinovac-Biotech no Brasil, ele também falou sobre os efeitos colaterais apresentados pelos 9 mil voluntários (ou cobaias, vai saber o que uma vacina feita nas pressas pode ocasionar).

Conforme os dados divulgados em um estudo, 35% das pessoas que utilizaram a vacina sofreram algum tipo de efeito colateral considerado "leve" - o que para ele justifica chamar a vacina chinesa de "a mais segura do mundo".

O sintoma mais relatado entre os testados é a óbvia dor no local da injeção, sendo 18% das pessoas que teriam relatado tal efeito.

Depois, 15% relatam dor de cabeça, a segunda reação adversa mais frequente e menos de 5% relataram diarreia, calafrios e náusea - efeitos esse que o próprio POLITZ já sofre só de pensar que alguém, algum dia, vai nos obrigar a fazer alguma coisa, principalmente ser vacinado por uma vacina que está sendo bizarramente forçada goela abaixo da população paulista, já que Doria quer "vacinação obrigatória" para todos.

Ainda, de acordo com os dados, não foram apresentados efeitos colaterais de nível 3, os mais graves. Apenas 0,1% dos testados tiveram febre, mas ninguém passando da temperatura de 38,5º C.

O coordenador do Centro de Contigência da COVID-19, José Medina, afirmou que a eficácia da Coronavac ainda não pode ser mensurada:

- "Primeiro, a vacina produziu anticorpos neutralizantes. Depois, mostrou segurança. E agora nós aguardamos o resultado da eficácia, que depende da incidência nos dois grupos: o controle e o de vacinados."
A seguir, os gráficos divulgados pela fonte originária, com os efeitos colaterais registrados pelos 9 mil voluntários cobaias, espalhados em 16 centros de pesquisa em sete estados diferentes do Brasil:

1603140775306.png


1603140782511.png
Fontes das Informações

Sobre o(a) Autor(a):
POLITZ
Esse é o Perfil Oficial usado pela Equipe de Redação do POLITZ para criar as nossas matérias. As reportagens assinadas individualmente possuem perfil próprio.

Como de costume, oferecemos a fonte originária de todas as informações publicadas no final de cada artigo, com exceção das fontes internas. Captamos diversas informações pelo exclusivo #AlgoritmoPOLITZ que tem um alcance mundial.

Se você gosta do nosso trabalho como mídia independente, considere nos apoiar financeiramente com qualquer valor. Lembre-se que nós não recebemos dinheiro de políticos ou empresas estatais e só funcionamos com contribuições de vocês.

Comentários

Não há comentários para mostrar.

Informações da Publicação

Autor(a)
POLITZ
Visual.
638
Última atualização

Compartilhar

Top Bottom