• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

#TópicoOficial #BondeDaOposição: . . AO COMANDO DE RODRIGO MAIA, CAMARA APROVA UMA SÉRIE DE LEIS QUE BENEFICIA CORRUPTOS E HUMILHA A POPULAÇÃO BRASILEIRA. . .

Qual deve ser o foco de atuação do governo ? (Considere a influência de uma área em outras)

  • Corrupção e crime organizado

  • Segurança Publica

  • Desenvolvimento economico

  • Infra-estrutura

  • Educação e Guerra Cultural

  • Reforma Politica

  • Soberania e área bélica


Results are only viewable after voting.

Pinochet

Grão-Mestre
Entrou
4/1/19
Posts
3.020
Reactions
12.375
governo bolsonaro tá sendo cozido com essas reformas, certamente tem uma ala do congresso com esse pensamento

anti crime tá lá parada, previdência já tá lá há tempos, vai vir a reforma tributária que vai demorar mais ainda. Governo feito pra passar as reformas pro país não desandar e ponto
acho q dá pra esquecer todo o resto, pelo menos no que depender do congresso. Talvez uma ou outra medida popular de aumento de pena pra crime X.
Não dá pra esperar muito desses caras, não. Não é intuito deles promover o Bolso.
os impactos da reforma tributária também são no longo prazo. bolsonaro não vai colher os louros agora, porque a reforma não reduz a carga

o congresso não é composto por pessoas bem intencionadas que querem solucionar problemas e por isso vão votar a reforma, mas porque o interesse em aprovar está maior que o interesse em rejeitar

a transição de arrecadação trouxe o apoio de governadores e prefeitos. os estados e municípios perderão poder regulatório, mas em contrapartida aumentam a capacidade de arrecadação, reduzem a necessidade de contratar auditores e cria um cenário econômico melhor, de maior arrecadação potencial futura

a indústria ganha muito com esse projeto. o custo de declarar impostos cai, o contencioso despenca, o risco da guerra fiscal some, a cumulatividade some, as exportações ficam mais competitivas

o agro também tem razões para apoiar. as exportações permanecem desoneradas, com um sistema melhor de créditos de insumos, sem governador canalha segurando crédito de icms para fazer caixa

o setor de serviços é quem reclama. porque o maior custo de todos é a mão de obra, que não serve como crédito. mas poderiam criar alternativas. para isso é preciso o governo estar na mesa de negociações

a zona franca parece que vão manter, só não sei exatamente como

tem empresa com incentivo fiscal que vai perder? tem. tem setor com alíquota especial que vai perder? tem. tem empresa do setor de serviços que vai pagar mais? tem

só que o apoio de quem vai ganhar é bem maior

o maior empecilho tem sido o próprio governo federal, que tinha um lunático à frente da pasta

a agenda de reformas é difícil, com poucos dividendos políticos a curto prazo? é

mas é para isso que o governo está lá. não pode desistir de governar
 

***S****

Guru
Entrou
15/10/18
Posts
5.196
Reactions
4.684

pro Moro ter falado isso, capaz do Bolso ter reavaliado a possível decisao sobre o diretor-geral(convenhamos, as últimas declarações estavam estranhas mesmo).

Grande noticia (y)
 

Pinochet

Grão-Mestre
Entrou
4/1/19
Posts
3.020
Reactions
12.375
Nesse caso é bem diferente, o que sempre travou a reforma tributária eram alguns estados que não largavam mão do ICMS.

não sei porra nenhuma sobre o assunto, isso é um lampejo que tive lembrando dos posts do prof. Pinochet e profª Pipoqueira
principalmente isso

são paulo e outros estados que produziam mais do que consumiam sempre se agarraram no icms, que é cobrado no estado de origem

esses estados sempre tiveram receio de que, ao passar a tributação para o estado de origem, perderiam receita

só que o tucanato paulista há alguns anos já se tocou que a guerra fiscal que a tributação na origem gera prejudica o próprio estado

com uma transição na arrecadação (estados que aumentaram arrecadação compensando os que perderam por x anos), esse medo se esvai

o receio do bolsonaro de só reformar tributos federais é memória dos anos 90/2000. a mentalidade mudou muito
 

***S****

Guru
Entrou
15/10/18
Posts
5.196
Reactions
4.684
os impactos da reforma tributária também são no longo prazo. bolsonaro não vai colher os louros agora, porque a reforma não reduz a carga

o congresso não é composto por pessoas bem intencionadas que querem solucionar problemas e por isso vão votar a reforma, mas porque o interesse em aprovar está maior que o interesse em rejeitar
O impacto não é só a proposta em si, mas a expectativa sobre ele. Se tiver uma boa reforma tributária aprovada agora, o país teria uma perspectiva melhor e poderia impulsionar o curto prazo.


eles têm que aprovar as reformas, é do interesse até das grandes empresas. Ao mesmo tempo não querem que um governo com Bolsonaro, Guedes e Moro dê certo. Vão cozinhar o país com essas reformas, barganhar até o talo independentemente da proposta ser boa ou não.


Dou pelo menos 8 meses até tudo ser aprovado, além do governo ter que dar alguma coisa em troca. Se for menos, retiro tudo que disse e venho aqui dizer que tava errado. :icon-cry:
 
Última vez editado:

JW_keepwalking

Mestre
Medalinha
Entrou
16/10/18
Posts
867
Reactions
5.239
Não gosto do cara nem das suas ideias, porém, reconheço que nessa primeira declaração ele foi muito bacana.


Nilson Klava
11/09/2019 17h48 Atualizado há 3 horas

O ex-secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, reconheceu nesta quarta-feira (11) que o projeto defendido por ele para a reforma tributária era incompatível com o que vinha sendo defendido dentro do governo.

“Houve um conflito de ideias, incompatibilidade de projetos, de percepções de realidade, mas espero que reforma continue avançando e continuo torcendo por esse governo”, disse Cintra.

A saída do secretário foi anunciada um dia depois da divulgação pelo secretário-adjunto da Receita, Marcelo de Sousa Silva, de uma proposta de imposto nos moldes da extinta Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF).

Nesta quarta-feira, depois de um almoço na embaixada do Japão, o agora ex-secretário foi chamado para uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Durante a conversa, o ministro manifestou a irritação do presidente Jair Bolsonaro com a divulgação do que poderia ser interpretado como a proposta oficial do governo para a reforma da previdência.

O presidente estava contrariado com a reação negativa à proposta de recriação de uma contribuição sobre movimentações financeiras sem mesmo ter batido o martelo em relação ao tema.

Desde a campanha, Bolsonaro vinha negando a possibilidade de recriação de novos impostos, inclusive, da volta da CPMF.

Se ele manter essa postura daqui em diante, merecerá os parabéns. Ele claramente cai para encerrar a discussão sobre o ITF por ser o elo mais fraco em relação ao Guedes, já que o próprio Guedes também falou favoravelmente a essa ideia. Ainda mais considerando que, talvez, esse tenha sido o momento em que o Cintra esteve mais perto de finalmente realizar o seu sonho de criar esse modelo tributário (quem for mais entendido de História, favor me corrigir se estiver errado). Apesar da ideia ruim (na minha opinião), deve ser [email protected] pro cara ver tudo ruir assim.

Claro, isso não faz com que sua demissão seja injusta. Felizmente ele está fora do governo, mas essa declaração me faz lembrar o ex-ministro da Educação, Ricardo Vélez, que saiu por incompetência e foi extremamente gente fina desde então, não criando briga com ninguém e continuando a apoiar publicamente o governo.

Posturas bem diferentes de um Bebbiano da vida. Cintra (por enquanto) e Vélez demonstraram ter caráter.
 

Grann Polla

Mestre
Entrou
25/10/18
Posts
903
Reactions
710
Podemos (partido apoiador do moro) foi pra 10 senadores e provavelmente vai pra 11.

Álvaro Dias refundou aquele partido.
Enquanto ele continuar apoiando cegamente o moro, melhor será para esse país
 

***S****

Guru
Entrou
15/10/18
Posts
5.196
Reactions
4.684
MBL é um lixo, só foi chegar no poder que se vendeu pro centrão em nome da "governabilidade".

Até o Temer, não acredito que tiveram essa cara de *** :icon-lol::icon-lol::icon-lol:
 

Crie Uma Conta Ou Faça o Login Para Postar Aqui

Você precisa ter um Perfil para comentar ou criar Tópicos

Criar um Perfil

Crie um Perfil para participar! É fácil, rápido e totalmente gratuito.

Fazer Login

Se você já possuí uma conta, faça o login aqui.

Top Bottom