• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

#Relato Conheça as principais tribos católicas da Igreja norte-americana

  • Autor(a) do Tópico .Druh.
  • Data de Início
D

.Druh.

Visitante
Observadores casuais geralmente assumem que a batalha está sendo travada entre dois campos: liberais e conservadores. No entanto, a Igreja norte-americana está repleta de sub-facções.

Cavaleiros Papais:

Os Cavaleiros Papais se orgulham da perfeita obediência a Roma. Eles são principalmente acadêmicos, gostam de dar uma guinada ortodoxa sobre os atos mais controversos do papa. Como resultado, irritam tanto conservadores quanto liberais.





Militantes

Os militantes são conservadores de linha dura que não gostam tanto do Papa e podem chegar a extremos intoleráveis. Lançam diariamente ataques ferozes (e ironicamente espirituosos) contra aliados papais em desgraça. Para eles, a sodomia é a maior ameaça que a Igreja enfrenta. A descoberta de uma aparente máfia gay foi um frenesi. O único cardeal americano que eles admiram é Raymond Leo Burke, mas gostariam que Burke fosse menos pomposo.






Rad Trads

A chegada do Rad Trad é anunciada por um cheiro de fumaça de cachimbo. Eles fazem tudo ao seu alcance para evitar o Novus Ordo. Como seu herói G.K. Chesterton, eles favorecem a singular filosofia econômica conhecida como distributismo, inspirada nas guildas medievais. Os Rad Trads são profundamente ortodoxos, no entanto, eles são a facção conservadora com menor probabilidade de se preocupar com problemas "entre quatro paredes". Eles estão chocados com as obsessões sexuais dos militantes, preferindo ver como sintomas de uma decadência social maior, que remonta à Reforma, se não ao Renascimento. Eles admiram o cardeal Burke, mas desejam que o cardeal tenha mais pompa.






Team Francisco

O Team Francisco é um grupo de acadêmicos e jornalistas que investiram pesadamente no pontificado do Papa Francisco e estão fazendo todo o possível para aumentar o preço de suas ações. Infelizmente, sua quase adoração ao pontífice (que deve embaraçá-lo) está tendo o efeito oposto. Eles podem não perceber isso, pois apertaram o botão "bloquear" no Twitter assim que foram desafiados. Assim como certos militantes não conseguem dizer nada sem mencionar os maçons, o Team Francisco atribui quase todas as críticas ao papa a grupos sombrios de pressão da direita. O que eles não entendem é que, se os conservadores ricos e inescrupulosos estão realmente determinados a minar o pontífice, a melhor maneira de fazer isso seria injetando dinheiro no Team Francisco.






Tradinistas

Esses católicos incomuns combinam as sensibilidades estéticas de um monarquista francês com os instintos políticos de um burocrata cubano. O termo agora se refere a qualquer pessoa que tente reconciliar a ortodoxia teológica com a política de esquerda. Os tradinistas consideram o liberalismo responsável pelo colapso da cristandade e vêem o capitalismo como incompatível com o ensino social católico. Sobre os grotescos fracassos do socialismo e sua condenação por papas sucessivos, eles preferem observar a tradição monástica do silêncio.






Jesuíticos

Nem todos são verdadeiros jesuítas, mas seu líder carismático, certamente é. Seus padres vestem roupas clericais conservadoras (fica ótimo na câmera!) para dizer coisas claramente não conservadoras. Eles têm uma fixação na sexualidade humana tão obsessiva quanto a dos militantes, embora seja desnecessário dizer que eles chegam a conclusões muito diferentes. Querem tornar a Igreja mais amiga da comunidade LGBTQI (mas nunca lhes ocorreu que muitos católicos homossexuais estão incomodados com a bandeira do arco-íris). Eles usam o vocabulário político de identidade e mantêm laços estreitos com algumas alas do Partido Democrata, sustentando que não estão desafiando o ensino católico.





Teóricos da conspiração

Todas as facções acima contêm católicos devotos dos EUA que, infelizmente, se detestam - e confiam que estão evangelizando. Mas o teórico da conspiração é um animal diferente. Ele ou ela, escondida atrás de um pseudônimo, representa o que Richard Hofstadter chamou de "o estilo paranóico" da política americana. As teorias da conspiração envenenaram o discurso nacional desde antes da fundação da república. Agora, esses tristes guerreiros do quarto, para quem espalhar o pânico é uma espécie de videogame, estão invadindo o catolicismo dos EUA. Os "moderados" entre eles acham que o Papa Francisco é um antipapa; o resto sugere que ele é o anticristo, que está construindo uma satânica “NuChurch” com a ajuda dos Illuminati Maçônicos sodomitas. A única resposta apropriada é orar por essas pobres almas e esperar que seu Wi-Fi caia.




https://catholicherald.co.uk/magazine/the-time-of-the-tribes/
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Gavagai

Mestre dos Mestres
Perfil Limitado
Entrou
18/10/18
Posts
4.482
Reactions
992


esse é o que eu mais encontro na internet

niilista, romântico, bronheiro, metido a dândi, filisteu, quer saber qual é a melhor tradução da bíblia (que nem vai chegar a ler), não sabe rezar terço, sed contra pois visto que o argumento cosmológico tomista, meu caro salve, "como é belo o rito tridentino", "infelizmente não tenho muito tempo para viver em comunhão com os demais fiéis", "sou bom demais para frequentar a paróquia", mais católico do que o papa etc.

no mais, chega a ser engraçado quando certos católicos se vangloriam de terem uma "uniformidade teológica" em muito mais consistente do que a dos protestantes, visto existir um abismo doutrinário, por exemplo, entre o sedevacantista, o defensor da TL e a velhinha cripto-pagã que se benze com crucifixo e frequenta missa.
 
Última vez editado:

Agro

Grão-Mestre
Entrou
15/10/18
Posts
1.953
Reactions
2.650
kkkk

Os conspiracionistas são ótimos. Os comentários no YouTube estão lotados deles em qualquer vídeo de qualquer canal católico americano. Se o assunto remeter ou for sobre Fátima, então...
 

Agro

Grão-Mestre
Entrou
15/10/18
Posts
1.953
Reactions
2.650


esse é o que eu mais encontro na internet

niilista, romântico, bronheiro, metido a dândi, filisteu, quer saber qual é a melhor tradução da bíblia (que nem vai chegar a ler), não sabe rezar terço, sed contra pois visto que o argumento cosmológico tomista, meu caro salve, "como é belo o rito tridentino", "infelizmente não tenho muito tempo para viver em comunhão com os demais fiéis", "sou bom demais para frequentar a paróquia", mais católico do que o papa etc.

no mais, chega a ser engraçado quando certos católicos se vangloriam de terem uma "uniformidade teológica" em muito mais consistente do que a dos protestantes, sendo que existe um abismo doutrinário, por exemplo, entre o sedevacantista, a velhinha cripto-pagã que benze com crucifixo e frequenta missa e o defensor da TL.
Estão muito presentes no twitter. Vi, uma vez, um garoto, que depois descobriram que nem batizado era, reclamando que moças não cobriram os braços por completo durante uma procissão na Polônia. Enfezado, continuou com os posts alegando que era esse o caminho correto e que não se deve aceitar meio termo com o mundo.
 

Gavagai

Mestre dos Mestres
Perfil Limitado
Entrou
18/10/18
Posts
4.482
Reactions
992
se a pessoa realmente acredita no sacramento do batismo (e nas consequências provenientes da não realização deste), então deveria até perder noites inteiras de sono, até que o recebesse de um sacerdote, preferencialmente. isso apenas confirma o óbvio: quase inexiste gente, hoje*, que não tenha sido profundamente atingida pelo nada, em algum nível.


*talvez seja mais antigo do que se imagina, rsrsrsrs ^_^
 
Última vez editado:

Agro

Grão-Mestre
Entrou
15/10/18
Posts
1.953
Reactions
2.650
Outro coisa que incomoda bastante é como se descrevem:

Traditional Catholic (??)
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #10
kkkk

Os conspiracionistas são ótimos. Os comentários no YouTube estão lotados deles em qualquer vídeo de qualquer canal católico americano. Se o assunto remeter ou for sobre Fátima, então...
Vc posta igual mulher fi, mas o que eh isso

Acho que excesso de acad tá deixando vc gay

Brinks fi
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #12
no mais, chega a ser engraçado quando certos católicos se vangloriam de terem uma "uniformidade teológica" em muito mais consistente do que a dos protestantes, visto existir um abismo doutrinário, por exemplo, entre o sedevacantista, o defensor da TL e a velhinha cripto-pagã que se benze com crucifixo e frequenta missa.
"Costumo dizer, para os meus alunos" (Velho Sábio) que conhecer todos os setores da Igreja Católica e reconhecer nelas a catolicidade e unidade da Igreja é uma experiência frutificante. Um dos grandes problemas do protestantismo é que eles atacaram várias coisas que são essenciais para a unidade e catolicidade da Igreja, tipo, por mais que haja muitos debates, crises, confusões, etc, um cisma católico é sempre mais difícil de ocorrer, católicos estão com as mãos amarradas no Papa, Tradição e tudo mais.
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Gavagai

Mestre dos Mestres
Perfil Limitado
Entrou
18/10/18
Posts
4.482
Reactions
992
Vc posta igual mulher fi, mas o que eh isso

Acho que excesso de acad tá deixando vc gay

Brinks fi
os seminaristas com quem você provavelmente convive já não o dessensibilizaram quanto a essa característica? estranho...
 
Última vez editado:

Gavagai

Mestre dos Mestres
Perfil Limitado
Entrou
18/10/18
Posts
4.482
Reactions
992
dizem que alguns gostam até de se sentar no colo dos mais adiantados, durante o curso teológico, para a tomada das lições cujo conteúdo dificílimo só estabelece morada na mente do educando após muita recalcitrância. outros, em compensação, deixam-se encantar pela aspereza dos rendilhados, quando não pelo próprio hábito das irmãs, o qual observam discretamente e com certa inveja bem assinalada, sem contar as artes da maquiagem, desde que estas sejam executadas com leveza inconspícua, de modo a não atiçar a fúria ou a atração dos bedéis.
 
Última vez editado:
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #15
os seminaristas com quem você provavelmente convive já não o dessensibilizaram quanto a essa característica? estranho...
"Convivo" com pouquíssimos. Seminarista mesmo acho que só um (acho que ainda não é), está sendo bem orientado e com boas companhias.

Não sei dizer se os seminários são todos iguais, me parece que não, ao menos os da minha região parece que são bons. Agora, tenho um amigo que é ex-seminarista de uma diocese do Sudeste, e ele foi expulso de lá (tipo, por ser católico demais).

dizem que alguns gostam até de se sentar no colo dos mais adiantados, durante o curso teológico, para a tomada das lições cujo conteúdo dificílimo só estabelece morada na mente do educando após muita recalcitrância. outros, em compensação, deixam-se encantar por rendilhados, quando não pelo próprio hábito das irmãs, o qual observam discretamente e com certa inveja bem assinalada, sem contar as artes da maquiagem, desde que esta seja executada com leveza inconspícua, de modo a não atiçar a fúria ou até algo mais dos bedéis.
Deve ser difícil para homossexuais conviver com outros rapazes, é algo da natureza mesmo. Então o seminário que deveria ser um período de formação acaba sendo um período de distorção para o sujeito, complicado.
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Wakash

Grão-Mestre
Entrou
3/8/19
Posts
1.089
Reactions
448
rad trads são os piores. Típicos católicos por modismo
 
Entrou
5/11/18
Posts
7.981
Reactions
4.258
Observadores casuais geralmente assumem que a batalha está sendo travada entre dois campos: liberais e conservadores. No entanto, a Igreja norte-americana está repleta de sub-facções.

Cavaleiros Papais:

Os Cavaleiros Papais se orgulham da perfeita obediência a Roma. Eles são principalmente acadêmicos, gostam de dar uma guinada ortodoxa sobre os atos mais controversos do papa. Como resultado, irritam tanto conservadores quanto liberais.





Militantes

Os militantes são conservadores de linha dura que não gostam tanto do Papa e podem chegar a extremos intoleráveis. Lançam diariamente ataques ferozes (e ironicamente espirituosos) contra aliados papais em desgraça. Para eles, a sodomia é a maior ameaça que a Igreja enfrenta. A descoberta de uma aparente máfia gay foi um frenesi. O único cardeal americano que eles admiram é Raymond Leo Burke, mas gostariam que Burke fosse menos pomposo.






Rad Trads

A chegada do Rad Trad é anunciada por um cheiro de fumaça de cachimbo. Eles fazem tudo ao seu alcance para evitar o Novus Ordo. Como seu herói G.K. Chesterton, eles favorecem a singular filosofia econômica conhecida como distributismo, inspirada nas guildas medievais. Os Rad Trads são profundamente ortodoxos, no entanto, eles são a facção conservadora com menor probabilidade de se preocupar com problemas "entre quatro paredes". Eles estão chocados com as obsessões sexuais dos militantes, preferindo ver como sintomas de uma decadência social maior, que remonta à Reforma, se não ao Renascimento. Eles admiram o cardeal Burke, mas desejam que o cardeal tenha mais pompa.






Team Francisco

O Team Francisco é um grupo de acadêmicos e jornalistas que investiram pesadamente no pontificado do Papa Francisco e estão fazendo todo o possível para aumentar o preço de suas ações. Infelizmente, sua quase adoração ao pontífice (que deve embaraçá-lo) está tendo o efeito oposto. Eles podem não perceber isso, pois apertaram o botão "bloquear" no Twitter assim que foram desafiados. Assim como certos militantes não conseguem dizer nada sem mencionar os maçons, o Team Francisco atribui quase todas as críticas ao papa a grupos sombrios de pressão da direita. O que eles não entendem é que, se os conservadores ricos e inescrupulosos estão realmente determinados a minar o pontífice, a melhor maneira de fazer isso seria injetando dinheiro no Team Francisco.






Tradinistas

Esses católicos incomuns combinam as sensibilidades estéticas de um monarquista francês com os instintos políticos de um burocrata cubano. O termo agora se refere a qualquer pessoa que tente reconciliar a ortodoxia teológica com a política de esquerda. Os tradinistas consideram o liberalismo responsável pelo colapso da cristandade e vêem o capitalismo como incompatível com o ensino social católico. Sobre os grotescos fracassos do socialismo e sua condenação por papas sucessivos, eles preferem observar a tradição monástica do silêncio.






Jesuíticos

Nem todos são verdadeiros jesuítas, mas seu líder carismático, certamente é. Seus padres vestem roupas clericais conservadoras (fica ótimo na câmera!) para dizer coisas claramente não conservadoras. Eles têm uma fixação na sexualidade humana tão obsessiva quanto a dos militantes, embora seja desnecessário dizer que eles chegam a conclusões muito diferentes. Querem tornar a Igreja mais amiga da comunidade LGBTQI (mas nunca lhes ocorreu que muitos católicos homossexuais estão incomodados com a bandeira do arco-íris). Eles usam o vocabulário político de identidade e mantêm laços estreitos com algumas alas do Partido Democrata, sustentando que não estão desafiando o ensino católico.





Teóricos da conspiração

Todas as facções acima contêm católicos devotos dos EUA que, infelizmente, se detestam - e confiam que estão evangelizando. Mas o teórico da conspiração é um animal diferente. Ele ou ela, escondida atrás de um pseudônimo, representa o que Richard Hofstadter chamou de "o estilo paranóico" da política americana. As teorias da conspiração envenenaram o discurso nacional desde antes da fundação da república. Agora, esses tristes guerreiros do quarto, para quem espalhar o pânico é uma espécie de videogame, estão invadindo o catolicismo dos EUA. Os "moderados" entre eles acham que o Papa Francisco é um antipapa; o resto sugere que ele é o anticristo, que está construindo uma satânica “NuChurch” com a ajuda dos Illuminati Maçônicos sodomitas. A única resposta apropriada é orar por essas pobres almas e esperar que seu Wi-Fi caia.




https://catholicherald.co.uk/magazine/the-time-of-the-tribes/
esses últimos são os daqui do foro, né? :ROFLMAO:
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #21
Mas qual problema com isso?
Creio que o problema em "essência" seria aquilo que S. JP II e S. Paulo VI disseram para os lefebvristas:

numa incompleta e contraditória noção de Tradição. Incompleta, porque não tem em suficiente consideração o carácter vivo da Tradição, "que ― como é claramente ensinado pelo Concílio Vaticano II ― sendo transmitida pelos Apóstolos ― progride na Igreja sob a assistência do Espírito Santo.

mas é sobretudo contraditória uma noção de Tradição que se opõe ao Magistério universal da Igreja, do qual é detentor o Bispo de Roma e o Colégio dos Bispos. Não se pode permanecer fiel à Tradição rompendo o vínculo eclesial com aquele a quem o próprio Cristo, na pessoa do Apóstolo Pedro, confiou o ministério da unidade na sua Igreja.


http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/motu_proprio/documents/hf_jp-ii_motu-proprio_02071988_ecclesia-dei.html


"está consciente do que está fazendo? Está consciente de que está indo diretamente contra a Igreja, contra o Papa, contra o Concílio Ecumênico? Como pode se adjudicar o direito de julgar um Concílio?"

http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/579066-ata-do-dramatico-encontro-entre-paulo-vi-e-lefebvre
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Gavagai

Mestre dos Mestres
Perfil Limitado
Entrou
18/10/18
Posts
4.482
Reactions
992
se o agro morasse perto de mim ia aprender cada coisa nova...
 

Gavagai

Mestre dos Mestres
Perfil Limitado
Entrou
18/10/18
Posts
4.482
Reactions
992
a arte transforma
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #24
É mais complicado do que a princípio pode parecer. A própria citação que você colou fala do 'vínculo eclesial'. Dom Lefebvre e Dom Mayer sagraram bispos sem ter mandato apostólico para tal, violando a lei canônica e desconsiderando a carta que JPII havia enviado a eles. Por essa ação foram excomungados.
Sim eu sei, após a encíclica parte dos lefebvristas saíram da FSSPX e estão na FSSP (aprovada por Roma) e outras similares.

(eles não são a maior causa dos problemas, não tenho muita coisa contra eles, são bons católicos - aliás, se fosse padre consideraria até a FSSP ou outras similares).

Mesmo assim, de certa forma herdaram alguma "subcultura", tendem a considerar o católico da forma ordinária como não-tradicional e tudo mais. Em termos de comunhão entre os católicos, não penso que seja o ideal, ainda.

(também não duvido que alguns ali façam como avestruz e colocam a cabeça no buraco, como se os papas pós CVII não existissem).

(mas parece que estão tomando consciência e melhorando nesse quesito)

Agora, não é preciso pertencer a FSSPX para se considerar um católico 'tradicional'. É mais que óbvio que uma parte razoável da hierarquia e a quase totalidade dos fiéis hoje ignora as tradições da Igreja Católica (tradição entendida aqui em qualquer dos sentidos). Pensemos em algo simples, como a lei de abstinência. Quem no Brasil segue a lei de abstinência, senão alguns poucos católicos que ouviram falar recentemente dela por meio do Pe. Paulo Ricardo?

Também é claro que em todo mundo o novus ordo é ocasião de irreverências várias (para dizer o mínimo).

Se ser 'tradicional' é se opor a abusos, desejar reverência e respeitar o passado, então sê-lo é dever de todos católicos.
Sim, mas há ambientes da forma ordinária profundamente tradicionais, com leigos que observam a liturgia das horas inclusive. Com o tempo, penso que as coisas vão melhorar e uniformizar, assim espero.
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #25
tendem a considerar o católico da forma ordinária como não-tradicional e tudo mais. Em termos de comunhão entre os católicos, não penso que seja o ideal, ainda.
Na prática já vi um caso desastroso. Foi estabelecido pelo bispo que haveria missas na forma extraordinária e ordinária em um local, em conformidade com aquilo que Bento XVI pediu para não haver exclusão e sim enriquecimento mútuo, comunhão verdadeira.

Mas o pessoal "tradicional" só ajudava na forma extraordinária - a forma ordinária era "missa nova" e eles se recusavam, então a forma ordinária era levada mais na raça pelo padre.

Resultado: quando mudou o sacerdote, o novo sacerdote só celebrava na forma ordinária e ele disse que seria assim por meses. O pessoal "tradicional" quitou do lugar, e teve alguns que foram parar no rito bizantino, "porque é melhor o rito bizantino do que a 'missa nova'".
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Crie Uma Conta Ou Faça o Login Para Postar Aqui

Você precisa ter um Perfil para comentar ou criar Tópicos

Criar um Perfil

Crie um Perfil para participar! É fácil, rápido e totalmente gratuito.

Fazer Login

Se você já possuí uma conta, faça o login aqui.

Top Bottom