• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

#Relato Esse livro do Ratzinger parece ser ótimo antídoto contra macumbarias da neodireita

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
É um lugar comum em sectores da neodireita que é preciso ir a autores esotéricos para recuperar o simbolismo/cosmologia/astrologia, para ser liberto do mecanicismo newtoniano e outras coisas da modernidade. Luiz Gonzaga de Carvalho, o gugu, tem divulgado bastante isso ao que parece. Nessa concepção, é impossível ser católico nos "tempos modernos". O pressuposto é que a Igreja perdeu a capacidade simbólica, a santidade se tornou impossível, então seria preciso recorrer ao esoterismo.

Esse livro do Ratzinger parece vir acabar com toda essa besteirada. Parabéns para a CNBB:


 
Última vez editado:

Pão De Queijo

Grão-Mestre
Entrou
15/10/18
Posts
2.891
Reactions
3.417
Se está me citando porque falei aquilo dos santos no tópico agora a pouco? https://forum.politz.com.br/threads/redpill-sobre-astrologia-e-vtetas.77389/#post-1458833

Cara, eu mesmo sou crítico da neo-direita e não compro esse neo-esoterismo germanista neo-tradicionalista. Não estou usando a crença do simbolismo das ideias do Olavo. Só falei que pessoas, no caso santos católicos, também se enquadram em arquétipos junguianos. Isso é algo universal. No caso do politeísmo, cada deus é um arquétipo, o deus da guerra, deusa da fertilidade, deusa da inteligência, deus da ira etc etc e etc.

É como se a consciência do ser fosse fragmentada, e cada deus fosse um simbolo de cada elemento da psique humana. A exceção seria o monoteísmo, onde na figura do Deus Único tudo é unido. Por exemplo, o Deus bíblico não tem arquétipo, e a prova é que na própria Bíblia ele é chamado de vários nomes arquetípicos, sendo Ele a condensação de (quase) todos eles.

Por exemplo: Senhor dos Exércitos (arquétipo do guerreiro); El Shaday (Deus que cuida) (arquétipo da mãe cuidadora); Rei do Universo (arquétipo da realeza); Pai (Arquétipo do patriarcado, do homem como figura central da família); Deus que vai julgar nações (arquétipo do juiz); Deus misericordioso (arquétipo do clérigo). No politeísmo os deuses são figuras limitadas ao seu arquétipo simbólico. No monoteísmo Deus tem todos e é chamado por eles nas suas ações.

Eu estudo essas coisas simbólicas e esotéricas de forma cuidadosa, de várias visões diferentes, justamente pra não cair numa visão ideológica moderna. Por exemplo, eu mesmo tenho críticas a visão do Olavo de resgatar o conservadorismo pela visão anglo/germânica/americanista, que quer fundir esoterismo pagão ao cristianismo, dentro da visão de conservadorismo iluminista moderno, e tomar os EUA como o bastião civilizacional do ocidente, entre outros. Estou mais do lado do Conde Loppeux.
 
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #5
no caso santos católicos, também se enquadram em arquétipos junguianos. Isso é algo universal. No caso do politeísmo, cada deus é um arquétipo, o deus da guerra, deusa da fertilidade, deusa da inteligência, deus da ira etc etc e etc.

É como se a consciência do ser fosse fragmentada, e cada deus fosse um simbolo de cada elemento da psique humana. A exceção seria o monoteísmo, onde na figura do Deus Único tudo é unido. Por exemplo, o Deus bíblico não tem arquétipo, e a prova é que na própria Bíblia ele é chamado de vários nomes arquetípicos, sendo Ele a condensação de (quase) todos eles.

Por exemplo: Senhor dos Exércitos (arquétipo do guerreiro); El Shaday (Deus que cuida) (arquétipo da mãe cuidadora); Rei do Universo (arquétipo da realeza); Pai (Arquétipo do patriarcado, do homem como figura central da família); Deus que vai julgar nações (arquétipo do juiz); Deus misericordioso (arquétipo do clérigo). No politeísmo os deuses são figuras limitadas ao seu arquétipo simbólico. No monoteísmo Deus tem todos e é chamado por eles nas suas ações.



(Brincadeira fi :icon-lolsuper: )

Eu estudo essas coisas simbólicas e esotéricas de forma cuidadosa, de várias visões diferentes, justamente pra não cair numa visão ideológica moderna. Por exemplo, eu mesmo tenho críticas a visão do Olavo de resgatar o conservadorismo pela visão anglo/germânica/americanista, que quer fundir esoterismo pagão ao cristianismo, dentro da visão de conservadorismo iluminista moderno, e tomar os EUA como o bastião civilizacional do ocidente, entre outros. Estou mais do lado do Conde Loppeux.
Entendo, mas acho perigoso, pessoalmente penso que há melhores caminhos para buscar a ortodoxia e santidade.
 
Última vez editado:

Pão De Queijo

Grão-Mestre
Entrou
15/10/18
Posts
2.891
Reactions
3.417
Por que o nojo Timide @Timide .Druh. @.Druh. ? Arquétipo é só um conjunto de características constantes que são observadas como traços marcantes de personalidade e simbolismo. Não tem nada de esotérico nisso. É um termo do psicólogo Carl Jung.

Parece que vocês não entendem ou não querem entender o que escrevo e querem sempre me ver como um maluco esotérico deturpador. Eu não busco a ortodoxia e santidade estudando esoterismo e sobrenatural, faço isso por mera curiosidade, tal como o estudo das ciências do mundo físico, biologia, genética, astronomia, geologia, etc. A santidade é pela tradição, teologia, filosofia e prática.

Sou obrigado a ver essas coisas como astrologia, reencarnação, sensitividade, psiquismo, sonhos premonitórios, tudo pela ótica dos outros justamente porque os teólogos do cristianismo simplesmente se negam a sequer estudar tais fenômenos -- incluindo as ciências, biologia, genética, tudo por conta de uma suposta ideia de determinismo. Isso que houveram vários clérigos da ciência, como físico padre Georges Lemaître, que é um dos criadores da teoria do Big Bang.

Tentar entender as coisas parece um tabú pra essa gente. Partem do princípio errado que precisaria aceitar paradigmas de crenças alheias para estudar essas coisas, o que não é verdade.
 

Pão De Queijo

Grão-Mestre
Entrou
15/10/18
Posts
2.891
Reactions
3.417
Eu não pratico nada de esotérico, só estudo, meu fi.

O que mais me assusta são os sonhos premonitórios. Eles são "criptografados", digamos assim, pessoas são trocadas, algumas falas alteradas, mas a ordem dos acontecimentos é a mesma quando se analisa posteriormente. Tenho uma lista de 80 sonhos desse ano. Uns são simbólicos, outros concelhos, outros premonitórios que já aconteceram.

Só Deus podeira dar esses sonhos, pois só Ele vê o futuro. Não da pra chegar e dizer que isso é coisa do Diabo, como todo mundo faz. O Diabo não vê o futuro.
 
Última vez editado:
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #8
Tentar entender as coisas parece um tabú pra essa gente. Partem do princípio errado que precisaria aceitar paradigmas de crenças alheias para estudar essas coisas, o que não é verdade.
Não sei bem o que é ensinado nesses cursos, mas diria, grosso-modo, que o esoterismo é incompatível com o monoteísmo cristão, então não faz muito sentido para um cristão se dedicar a essas coisas se para ele é uma coisa pagã, idólatra, etc.

Como diz Santo Inácio de Antioquia: "toda magia foi destruída".

 
Última vez editado:
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #9
Gugu, Olavo e cia têm décadas de estudos nas costas, eles sabem que o monoteísmo cristão é incompatível com a "unidade das religiões", "tradição esotérica" e todas essas coisas. Se continuam afirmando isso é porque talvez não sejam cristãos ortodoxos de fato e/ou talvez não tenham boas intenções.

Então a infiltração e lobby da direita macumbeira na Igreja são denúncias graves do caramba; quem decide denunciar e combater tais grupos está bastante correto, há bons motivos para combatê-los, mesmo.

Diria para cair fora desses grupos da direita macumbeira.
 
Última vez editado:
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #10

"Estai de sobreaviso, para que ninguém vos engane com filosofias e vãos sofismas baseados nas tradições humanas, nos rudimentos do mundo, em vez de se apoiar em Cristo. Pois nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade. Tendes tudo plenamente nele, que é a Cabeça de todo principado e potestade."

https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/colossenses/2/


"Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as criaturas visíveis e as invisíveis. Tronos, dominações, principados, potestades: tudo foi criado por ele e para ele. Ele existe antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem nele. Ele é a Cabeça do corpo, da Igreja. Ele é o Princípio, o primogênito dentre os mortos e por isso tem o primeiro lugar em todas as coisas. Porque aprouve a Deus fazer habitar nele toda a plenitude."

https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/colossenses/


Ratzinger no seguinte livro: http://lelivros.love/book/baixar-livro-a-infancia-de-jesus-joseph-ratzinger-em-pdf-epub-e-mobi-ou-ler-online/




Tipo, com a vitória de Cristo, é pela fé, pela oração, que se procura a relação dos astros com as "potestades", não mais em antigas ciências astrológicas.
 
Última vez editado:
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #11

Olavo de Carvalho em 2016:

Que as tradições materialmente diferentes convergem na direção de um mesmo conjunto de princípios metafísicos é algo que não se pode mais colocar seriamente em dúvida. A tese da Unidade Transcendente das Religiões é vitoriosa sob todos os aspectos.

Só há um detalhe: Que é propriamente uma metafísica? Não uso o termo como denominação de uma disciplina acadêmica mas no sentido muito especial e preciso que tem nas obras de Guénon e Schuon. Que é uma metafísica? É a estrutura da realidade universal, que desce desde o Primeiro Princípio infinito e eterno até os seus inumeráveis reflexos no mundo manifestado, através de uma série de níveis ou planos de existência.

O fato de que ela seja essencialmente a mesma em todas as tradições indica que existe uma percepção normal da estrutura básica da realidade, comum a todos os homens de qualquer época ou cultura.

Mais razoável seria supor que a Tradição primordial é a base comum não só a todas as tradições espirituais, mas a todas as culturas e, no fim das contas, ao núcleo de inteligência sã presente em todos os seres humanos. Partindo dessa base, ou origem, as várias tradições se desenvolvem em direções diferentes, cada uma buscando refletir mais perfeitamente o Princípio absoluto e dar aos homens os meios de retornar a Ele. Nesse sentido, a culminação de cada tradição não é o Princípio em si, mas o sucesso que obtém na operação de retorno.

Todas as religiões remetem a uma Tradição Primordial, OK, mas todas a representam igualmente bem? A pergunta é inteiramente legítima, e em parte alguma a escola perenialista lhe ofereceu – ou tentou oferecer — uma resposta aceitável.
 
Última vez editado:
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #12
Basicamente o projeto olavístico é corrigir a via islâmica como solução, parasitando o catolicismo no lugar do islamismo, buscando a tal "realização espiritual" utilizando elementos do catolicismo (especialmente a vertente católica tradicionalista).

Tudo isso torna difícil, tanto ao leitor recém-chegado quanto às vezes aos próprios porta-vozes do perenialismo, admitir o óbvio: a obra de René Guénon pode ter todo o caráter providencial e salvador que se deseje, com a condição de que se admita claramente o óbvio: que, no fim das contas, ela jamais ofereceu outra via de salvação para o Ocidente exceto a islamização.
Também é certo que qualquer cristão inteligente, católico ou não, pode tirar proveito dos ensinamentos de René Guénon sem aderir ao projeto guénoniano, mas como recusar adesão sem saber ou querer saber que o projeto existe? Todo ****** útil é ****** e útil na medida mesma em que nega a existência daquele que o utiliza.
Mas Guénon não precisa ser combatido nem vencido. Ao adotar o pseudônimo de “Esfinge” nos seus primeiros escritos, ele sabia que aqueles que não decifrassem a sua mensagem seriam engolidos e reduzidos à obediência. Aqueles que esperneiam entre gritos de revolta não deixam se prestar-lhe obediência, a contragosto ou mesmo inconscientemente. Uma vez decifrada, porém, a Esfinge não tem remédio senão soltar gentilmente a presa, que sairá das suas garras não somente livre, mas fortalecida.

 
Última vez editado:
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #13
O livro Astros e Símbolos dele é bastante revelador também.

Se ele não adere ao perenialismo de forma deliberada, pelo menos está debatendo com o perenialismo, mas ainda não conseguiu sair desse labirinto, ainda não encontrou alguma solução para se libertar disso.
 
Última vez editado:
OP
.Druh.

.Druh.

Grão-Mestre
Entrou
15/7/19
Posts
1.240
Reactions
1.037
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #14
Instituto neocatólico da neodireita dando curso Astros e Símbolos baseado na obra perenialista de Olavo:



 
Última vez editado:

Crie Uma Conta Ou Faça o Login Para Postar Aqui

Você precisa ter um Perfil para comentar ou criar Tópicos

Criar um Perfil

Crie um Perfil para participar! É fácil, rápido e totalmente gratuito.

Fazer Login

Se você já possuí uma conta, faça o login aqui.

Top Bottom