• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

#RedPill O QUÃO RUIM AS COISAS ESTÃO EM 2019 PARA OS HOMENS

OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023
''Amiguinho de ex namorada aperte X''

Engraçado como mulher odeia o mínimo sinal de concorrência. Sororidade é o cacete!

:icon-lol:
 
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023
Mais um excelente vídeo do Platinho




Belo exemplo...
 
Última vez editado:
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023

Eduardo Camargo atualizou o status dele.
18 de agosto às 13:21 ·

EMPODERAMENTO MASCULINO

No Direito Bancário, os bancos gastam fortunas recorrendo de decisões desfavoráveis, mesmo sabendo que irão perder.

O motivo: aliando pressão dos banqueiros com a interposição de milhares de recursos, em algum momento aparecerá um desembargador ou ministro com entendimento diferente que muda toda a jurisprudência.

Nesse caso, mesmo a mãe tendo se mudado da Bahia para Minas Gerais sorrateiramente, a cada 6 meses ela inventa um motivo para pedir uma medida protetiva para afastar o pai dos filhos.

No dia 25/06 a mãe recebeu uma citação de cobrança de condomínio de imóvel que ficou para ela e mesma assim o pai pagou para seu nome não ser negativado. Devido a citação, ela se dirigiu a delegacia no mesmo dia, pedindo uma medida protetiva. O pior é que ela conseguiu!
Agora cobrar dívida é violência psicológica!

Além de pedirmos a reversão de guarda pela mudança de Estado, convenci o pai que deveríamos fazer um pedido de revogação dessa medida protetiva, pois já estava banalizada pela mãe e nos ajudará a tirar a guarda dos filhos da mãe.

Na maioria dos casos, as medidas de afastamento são motivadas pela ausência de vontade do homem querer se aproximar da mulher.
Como essas medidas tem prazo de validade, o homem acaba aceitando e não se defendendo.

Porém é importante que seja feito defesa, visto que só assim vamos conseguir mudar esse paradigma.

O homem precisa expor sua indignação contra essa baderna que se tornou a lei Maria da Penha.

As medidas protetivas apenas auxiliam mulheres marginais contra homens inocentes. Um bandido não vai deixar de agredir ou matar uma mulher porque ela tem uma folha de medida protetiva na bolsa.

Outro ponto são homens e mulheres que sabem que a lei Maria da Penha e toda essa campanha de vitimização apenas apoiam o crime, mas deixam de expor suas opiniões para não desagradar as feministas.

Sempre questiono se elas têm tem algum remorso em expor a opinião delas? Se elas respeitam a opinião dos outros?

Qualquer um que vá de encontro com a opinião delas já é machista, agressor, misógino, etc.

Se elas precisarem passar por cima dos direitos dos outros para benefício próprio, elas não pensarão duas vezes.

Precisamos de homens e mulheres que não concordam com essa injustiça, que se manifestem e deixem de se acovardar diante dessa baderna.

Hoje é um indivíduo da Bahia, amanhã pode ser seu pai, seu filho ou até mesmo você!
 
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023

Eduardo Camargo

· 3 h ·



MULHERES ADULTAS OU CRIANÇAS DE 5 ANOS?

Nas investigações de violência contra crianças, são elaborados laudos por psicólogos que de maneira "lúdica" realizam atividades e brincadeiras para induzir o menor a relatar se foi vítima de agressões físicas e sexuais.

Esses laudos são necessários, pois crianças ainda não possuem desenvolvimento intelectual e psicológicos para relatar ou provar se foi agredida ou não.

Nesse caso, após a separação a alienadora achou um absurdo que a nova companheira do pai convivesse com as crianças.

Como o pai não lhe agredia psicologicamente e nem fisicamente, não era possível pleitear medidas protetiva.

Desta forma, a alienadora procurou a Defensoria Pública da Bahia, onde foi elaborado parecer por uma psicóloga da defensoria, relatando de forma "lúdica" que a separação estava sendo muito traumática para mãe e que ela era merecedoda de medida protetiva.

Separações são traumáticas para homens, crianças, avós, tios e até cachorros, mas apenas a mulher merece uma medida protetiva.

As mulheres conquistaram com muita luta o direito de separação caso não gostassem do seu parceiro, mas caso ela não deseje a separação, agora é violência psicológica.

Esse laudo basicamente relatou que o homem além de ser mais forte fisicamente, também tem maior capacidade intelectual e psicólogica que a mulher.

Comparou essa mulher a uma criança de 5 anos que não tem capacidade psicólogica para lidar com os problemas comuns do cotidiano e aduziu que ela é um ser indefeso e que merece proteção.

É inegável a todos que as mulheres possuem a mesma capacidade intelectual e psicólogica que os homens, mas as leis, o judiciário e algumas mulheres às inferiorizam, tentando mostrar que homens são superiores em todos os aspéctos.

Imaginem esse pai e essa mãe com os mesmos diplomas e experiências, disputando uma vaga de emprego. Segundo esse laudo, o homem é superior a mulher e é merecedor da vaga apenas por ser homem.

Posteriormente a elaboração desse laudo, a alienadora conseguiu a medida protetiva e mudou-se sorrateiramente para o estado de Minas Gerais para ter o prazer de afastar pai e filhos.

Como o pai é funcionário público e recebe salário alto, a alienadora abandonou seu cargo de professora estadual e hoje vive confortavelmente sem trabalhar, com a pensão de 4 mil reais que seria destinada às filhas.

Outro ponto é que recebo relatos diários de que as Defensorias não atendem ninguém à contento, mas nesse caso, disponibilizaram até uma psicóloga para atender a alienadora.

Iniciamos essa batalha no último mês e tenho grande expectativa de inverter a guarda dessas crianças para o pai.

Isso precisa acabar!

 

Cruxdei

Principiante
Entrou
30/8/19
Posts
14
Reactions
-1
então continuo solteiro ou vão me chamar de incel só porque não pego cobra?
 
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023
"Aprendam de uma vez, omis, nós não precisamos de vocês. Abaixo o Patriarcado!"

 
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023

A CASA CAIU PARA A ALIENADORA!
Alienadora CONDENADA por fazer FALSAS acusações de abuso (contra o ex marido e o filho dele, seu enteado). Como sempre falamos aqui, ALIENADORAS, seus dias de CRIMES estão contados, a sociedade não aguenta mais tantos ATOS de Alienação Parental, tantas FALSAS denúncias que atrapalham as verdadeiras vítimas. Vai nosso recado para vocês, continuem cometendo Alienação Parental e o fim de vocês será o mesmo dessa MULHER ("MÃE") de Blumenau, agora uma Alienadora CONDENADA. Você comete Alienação Parental??? PARE AGORA!!! CUIDADO.

Um último recado: Estamos de olho, lugar de quem comete Alienação Parental, FALSAS denúncias, violência psicológica contra os próprios filhos é a CADEIA.

Fonte: Jornal O Município, Blumenau! Via TJ/SC.
Editor: Everton Abeg




 
Última vez editado:
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023


Eduardo Camargo

MULHERES TRATADAS COMO LIXOS

No livro "Presos que Mestruam", tem como subtitulo " A brutal vida das mulheres tratadas como homens".

O que o subtitulo quer trazer é que mulheres estão sendo tratadas como lixos, utilizando como sinônimo a palavra "homens".

Em 2019 o Brasil alcançou o número de 812 mil presos, sendo que apenas 49 mil são mulheres.

Em nenhuma penitenciária ou delegacia feminina existe superlotação.

As condições de higiene, alimentação, atendimento médico e visitação estão muito longe do que é oferecido aos homens.


Nas celas em delegacias masculinas o vaso sanitário é um buraco no chão, exatamente ao lado do fogão utilizados pelos presos, enquanto das mulheres possuem banheiros e cozinhas que muitas residencias não possuem.

Nas delegacias, enquanto metade dos homens dormem, outra metade fica em pé, visto que não há espaço pra todos dormirem ao mesmo tempo.

A visitação nas delegacias femininas são praticamente livres, podendo as presas inclusive dormirem com seus filhos. Homem ficam anos sem verem seus filhos.

Mães presas por tráfico tem direito a cumprirem pena em prisão do domiciliar, enquanto os pais apodrecem na cadeia.

Todos os presos por pensão alimentícia são homens, visto que o judiciário mantém 97% das guardas das crianças com as mães.

Quando uma mãe atrasa pagamento de pensão, ONG's e igrejas pagam o valor devido para que a mãe não seja presa.

Numa abordagem policial, mulheres são tratadas com toda cordialidade do mundo, podendo serem revistadas apenas por policiais femininas. Quando na há polícias mulheres disponíveis, elas são liberadas.

A frase mais comum em abordagens em mulheres é "Você não pode fazer isso!"

Homens são abordados com toda truculência que a PM pode oferecer, sendo que qualquer questionamento é tratado como desacato e imediatamente ele é levado preso. Agressões são absolutamente comuns.

Mesmo com tudo isso, ainda existem reclamações das condições dos presídios femininos.

No Brasil se consolidou a ideia de que homens são descartáveis e podem dispôr de tratamentos com dignidade.

Portanto fica claro que a busca é apenas pela igualdade de direitos, mas de responsabilidade ninguém quer!
 
Última vez editado:
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023
Há alguns conservadores em meu perfil, e eu não me importo, tenho alguns traços conservadores, e gosto de abrir os olhos de alguns... a questão é, alguns não entendem a iniciativa mgtow, acham que só o conservadorismo basta para barrar o feminismo... então deixe-me explicar uma diferença básica.

O conservadorismo combate somente a ponta do iceberg, o lado político do feminismo, a militância feminista de esquerda etc, mas se esquece da natureza feminina, que é essencialmente egoísta e incapaz de recusar as centenas de privilégios que recebem da sociedade, da mídia e do judiciário... o feminismo apenas escancarou isso, costumo dizer que o feminismo pós moderno somente trouxe a tona a verdadeira natureza feminina, que essas escondiam atrás de uma máscara social, era como se vivessem em um peça de teatro 24 horas por dia, os homens eram o público, e o feminismo foi um incêndio que deu fim a essa encenação.

Quantos conservadores ou "conservadoras" vocês veem fazendo o trabalho que eu e outros mgtows realizam aqui de abrir os olhos dos homens para a natureza feminina? De revelar suas artimanhas perversas para homens que sequer se dão conta delas? Quantos falam ou sequer conhecem algo a respeito de hipergamia? Quase Nenhum... pois conservadores não se importam com a vida masculina, para essa ideologia você é apenas um provedor, um capacho pagador de contas que deve escolher o caminho mais difícil pois isso é "o caminho de um homem honrado"... se você for inteligente e individualista, se pondo em primeiro lugar, você é um frouxo e egoísta... pois como diria ayn rand, não há nada de errado em ser racionalmente egoísta!

Para um conservador, dizer a verdade para os homens modernos é errado, porque isso irá dividir os homens e as mulheres... ou seja, os homens podem continuar sofrendo falsas acusações de agressão, estupro e assédio, continuar a serem demonizados pela mídia e pelo sistema judiciário misandrico, desde que se mantenha a ilusão de que vivemos na ***** dos anos 50 e homens e mulheres ainda estão unidos... quando vocês irão acordar e entender que OS ANOS 50 NÃO IRÃO VOLTAR! as mulheres NUNCA mais serão como foram um dia, hoje elas se inspiram na anitta e demais mc's, qual a lógica em tratar como dama uma mulher que se espelha em putas?

O Mgtow não está aqui para contrapor o feminismo, eu não estou aqui para isso, ao menos não somente isso, estamos aqui, principalmente, para abrir os olhos dos homens! Para os que ainda não entenderam, mgtow é, além de um estilo de vida, uma estratégia jurídica para homens, adaptada aos tempos modernos, apenas isso! Não queremos guerra, nós somos o resultado dessa guerra contra os homens, queremos seguir o nosso caminho da melhor forma possível, focando em nós, e não em mulheres ou na sociedade.

Autor João Mgtow
 
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023
Eu tenho a impressão de que isso já está sendo feito há uns 60 anos...


 
OP
Athol Trollip

Athol Trollip

Grão-Guru
Medalinha
Entrou
15/10/18
Posts
18.586
Reactions
39.023
20 PRIVILÉGIOS LEGAIS que as mulheres têm e os homens não

Por: Bruno M. Giordano
Os velhos, batidos e vigaristas discursos feministas sobre privilégio masculino, machismo, objetificação da mulher e direitos iguais, propagandeados não apenas em redes sociais mas em fóruns sobre direitos das mulheres, debates acadêmicos e grandes veículos não encontram eco nos códigos legais, majoritariamente aprovados na administração petista à partir de 2003. Mulheres têm tantas e exclusivas regalias legais que falar sobre igualdade jurídica significaria conceder os mesmos direitos a homens ou retirá-los das mulheres. É uma hipocrisia ou ******** sem fim, propagar este discurso vitimista, sem base legal alguma.

1. LEI FEDERAL No. 13104/2015 (Lei do Feminicídio)
Aumenta a pena do homicida caso a vítima do homicídio tenha sido mulher

2. LEI Nº 8.213, DE 24 DE JULHO DE 1991 (Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências)
Determina tempo de contribuição e idade mínima da mulher para obter aposentadoria inferior ao do homem.

3. LEI Nº 11.340, DE 7 DE AGOSTO DE 2006 (Lei Maria da Penha)
Amplia a caracterização de atos como violência e dá maiores penas quando a vítima for mulher.

4. LEI FEDERAL No. 150/2015 (Dispõe sobre o contrato de trabalho doméstico)
Prevê rescisão por culpa do empregador APENAS quando a violência feita pelo empregador ser contra uma mulher.

5. LEI FEDERAL No. 5948/2006 (Aprova a Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas)
Aumenta a punição caso a pessoa traficada seja mulher e prevê maior assistência a mulher.

6. LEI FEDERAL No. 0/2015 (Dispõe sobre a realização de cirurgia plástica feita no SUS em reparo aos danos causados por violência)
Dá direito de cirurgia plástica reparadora de sequelas de lesões causadas por atos de violência APENAS a mulher.

7. LEI No 10.778, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2003 (Estabelece a notificação compulsória do caso de violência contra a mulher que for atendida em serviços de saúde públicos ou privados) Prevê notificação compulsória de violência APENAS quando a vítima for mulher.

8. LEI Nº 11.977, DE 7 DE JULHO DE 2009 (PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA)
Dá prioridade de atendimento às famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar. E dá preferencia de efetivação de contratos e registros em nome da mulher.

9. LEI Nº 11.804, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2008 (Disciplina o direito a alimentos gravídicos e a forma como ele será exercido e dá outras providências)
Determina que despesas referentes a alimentação especial, assistência médica e psicológica, exames complementares, internações, parto, medicamentos e demais prescrições preventivas e terapêuticas indispensáveis deverão ser custeadas pelo futuro pai.

10. LEI Nº 11.489, DE 20 DE JUNHO DE 2007 (Institui data comemorativa)
Institui o dia 6 de dezembro como o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

11. LEI FEDERAL No. 10836/2004 (Programa Bolsa Família)
Determina que o pagamento do beneficio seja feito preferencialmente a mulher.

12. LEI FEDERAL No. 10745/2003 (Institui o ano de 2004 como o “Ano da Mulher”)
Determina ao Poder Público a divulgação e comemoração do “Ano da Mulher”.

13. LEI FEDERAL 12.272 (empoderamento da mulher no esporte)
Art. 1o É instituído o ano de 2016 como o Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte.

14. LEI No 4.375, DE 17 DE AGOSTO DE 1964 (Lei do Serviço Militar)
Prevê obrigatoriedade de prestação de serviço militar do homem e isenta a mulher do serviço militar em período de paz.

15. CONSTITUIÇÃO FEDERAL de 1988 e Lei do Serviço Militar (LEI No 4.375, DE 17 DE AGOSTO DE 1964): Mulheres têm direito a votar e ser votadas sem necessidade de alistamento militar. Para obter o título de eleitor, os homens entre 18 e 45 anos devem comprovar quitação com o alistamento militar. Durante o serviço militar obrigatório, os homens não têm direito de ser votados – e nem de votar.
Leis trabalhistas (CLT)

16. Toda mulher tem direito
a intervalo de 15 minutos antes de começar o trabalho em jornada extraordinária, de acordo com o artigo 384 da CLT,

17. Aposentadoria: A idade mínima para mulheres é de 60 anos, enquanto os homens devem esperar até os 65.

18. Licença-maternidade de 120 dias (a partir do 8º mês de gestação), sem prejuízo do emprego e do salário, que será integral.

19. Ser dispensada no horário de trabalho para a realização de pelo menos seis consultas médicas e demais exames complementares.

20. Mudar de função ou setor de acordo com o estado de saúde e ter assegurada a retomada da antiga posição.

Aborto
A pauta do aborto é polêmica. Muito embora, a lei puna (em teoria) a mulher que praticar o aborto e seu facilitador; na pratica, não se tem notícia de uma única mulher presa devido ao exercício do ato. A exceção são os aborteiros, os médicos que praticam tal ilícito. O contraponto é que aos homens, não é permutado o direito de eximir-se da paternidade.
O Código Penal Brasileiro pune o aborto provocado na forma do auto-aborto ou com consentimento da gestante em seu artigo 124; o aborto praticado por terceiro sem o consentimento da gestante, no artigo 125; o aborto praticado com o consentimento da gestante no artigo 126; sendo que o artigo 127 descreve a forma qualificada do mencionado delito. No Brasil, admite-se duas espécies de aborto legal: o terapêutico ou necessário e o sentimental ou humanitário (JESUS, 1999).
Fontes (não normatizadas):
Site da Presidência da República Federativa do Brasil:
http://www.planalto.gov.br
A legislação sobre o aborto e seu impacto na saúde da mulher: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/131831/legislação_aborto_impacto.pdf?sequence=6
Conheça 11 direitos trabalhistas só para mulheres: http://www.consumidormoderno.com.br/2015/04/15/conheca-11-direitos-trabalhistas-so-para-mulheres/
 

Visitante do Além

Grão-Mestre
Entrou
28/2/19
Posts
2.751
Reactions
2.434
O problema é que tem muito homem no mundo globalizado, se amanhã não tiver lixeiro por exemplo, seria um caos.. mas é impossível acontecer:

Boa redpill:

 

Crie Uma Conta Ou Faça o Login Para Postar Aqui

Você precisa ter um Perfil para comentar ou criar Tópicos

Criar um Perfil

Crie um Perfil para participar! É fácil, rápido e totalmente gratuito.

Fazer Login

Se você já possuí uma conta, faça o login aqui.

Top Bottom