• Olá Visitante! Seja muito bem vindo(a)!

    O #FórumPOLITZ é uma Comunidade única, sendo a primeira rede social no estilo de Fórum criada para pessoas que tem sede de conhecimento, conteúdo, informação e que adora uma boa discussão. Prezamos pela liberdade de expressão, em uma rede totalmente segura, livre de censuras e perseguições ideológicas.

    Oferecemos recursos exclusivos, em uma plataforma construída no que há de mais moderno no mundo. Para aproveitar tudo isso, é preciso Criar um Perfil. É rápido, fácil e totalmente gratuito. Você pode usar até a sua conta no Twitter para fazer isso.

    Junte-se a nós, venha se informar e compartilhar o seu conhecimento com a comunidade que mais cresce no Brasil. Esperamos que goste :)

#TenhoPergunta Os quatros temperamentos estão virando uma nova "astrologia"?

  • Autor(a) do Tópico .Druh.
  • Data de Início
D

.Druh.

Visitante
Não sei de onde está vindo essa moda, acho que em parte provém do olavismo cultural.

Ítalo Marsili, aluno de Olavo, escreveu um livro sobre o assunto.

Padre Paulo Ricardo - que adopta certas posições olavistas - vai dar um curso sobre o assunto.

Opinem,


 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #2
"Astrologia funciona, mas não é macumba no sentido vulgar do termo" By Ítalo

 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #3
Ítalo: "Padre Quevedo, que fim o sr. teve? O sr. morreu num quartinho ali em Barueri, triste da vida, ninguém mais lembra do sr."




Heresias à parte do pe. Quevedo, ele tinha dignidade sacerdotal e debochar de alguém por morrer pobre e sozinho é muito estranho vindo de um "cristão" (com aspas).


 
ÚIltima vez editado por um Moderador:
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #5
menoscabar a pobreza e se dizer cristão é análogo a se declarar ateu e crer em deus, por razões tão óbvias que quaisquer comentários sobre o assunto se tornam prescindíveis.
Nocivos os círculos de 'alta cultura' do mapa astral.

O sujeito agora está dizendo que os padres que reagiram ao comentário dele estão tentando um assassinato de reputação contra ele, mas vão acabar sofrendo suicídios de reputações. E também que as heresias do pe. Quevedo não se combatem com refutações intelectuais, mas com "desmoralização ad hominem" (palavras dele).
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Gavagai

Mestre dos Mestres
Entrou
18/10/18
Posts
4.219
Reactions
851
o filósofo lá fez escola mesmo hein
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #7
"Hoje não há filósofo vivo no mundo que tenha uma estatura como do Olavo. No mundo ocidental com uma grande segurança você pode afirmar que o Olavo é o maior filósofo vivo."

 
Entrou
12/11/18
Posts
8.445
Reactions
11.186
Sinceramente? É impossível defender o Olavão. O cara entrou em um círculo de bizarrices alucinantes:

  • Legitimou o "debate" da Terra Plana
  • Disse que Einstein era picareta
  • Disse que a Teoria Geral da Relatividade é esdrúxula, dispensando-a, ao mesmo tempo que diz nunca ter compreendido a mesma
  • Defendeu geocentrismo
  • Defendeu cigarro

Só um fanático pra achar essas coisas normais. Pra colocar a cereja do bolo só falta ele começar a falar de reptilianos. Aí é o fim mesmo.

Eu já aprendi coisas com ele, mas depois pulei fora. Mas o número de seguidores dele só aumenta, e a galera bate palma pra essas loucuras.

Quem realmente leva Astrologia a sério? Isso é brincadeira?
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #9
É preciso jogar Freud, Jung, 16 personalidades e tudo mais na lata de lixo da história.
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #10
Sinceramente? É impossível defender o Olavão. O cara entrou em um círculo de bizarrices alucinantes:

  • Legitimou o "debate" da Terra Plana
  • Disse que Einstein era picareta
  • Disse que a Teoria Geral da Relatividade é esdrúxula, dispensando-a, ao mesmo tempo que diz nunca ter compreendido a mesma
  • Defendeu geocentrismo
  • Defendeu cigarro

Só um fanático pra achar essas coisas normais. Pra colocar a cereja do bolo só falta ele começar a falar de reptilianos. Aí é o fim mesmo.

Eu já aprendi coisas com ele, mas depois pulei fora. Mas o número de seguidores dele só aumenta, e a galera bate palma pra essas loucuras.

Quem realmente leva Astrologia a sério? Isso é brincadeira?
Acho que sempre foi um círculo de "bizarrices alucinantes", mas antes estava fechado na redoma do COF, agora que os alunos dele estão "ocupando espaço" e tendo lidar com confrontos, as coisas ficam claras ao luz do dia.

Desconhecia esse Ítalo e aparentemente é um dos principais alunos dele, até morou junto com Olavo durante um tempo, é como um discípulo.
 
ÚIltima vez editado por um Moderador:
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #11
Dono do Planeta @Dono do Planeta Luiz Gonzaga, o Gugu, no introdução ao simbolismo astrológico:

"Dos quatro elementos a medicina antiga derivou quatro humores básicos, e deles quatro temperamentos. Vamos considerar rapidamente cada um deles, pois conhecimento do temperamento é fundamental para a astrologia natal; para tanto, levemos em conta a divisão proposta por John Frawley nos quatro tipos representativos dos temperamentos, os guerreiros, os escribas, os fazendeiros e os escravos."

http://scriptorium-ix.blogspot.com/2015/10/sobre-os-4-elementos-e-os-4.html

O negócio é astrologia mesmo.
 
Entrou
17/8/19
Posts
581
Reactions
621
Olavete é perenialista por tabela.
Consciente ou não, tá mergulhado em perenialismo.
Sempre que vejo Olavete falando de tradição e de traidores da tradição, eu tenho que rir pra não chorar. Sobre a parada dos temperamentos, "funciona" por ser pensar por conceitos.
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #13
@Dono do Planeta Luiz Gonzaga, o Gugu, no introdução ao simbolismo astrológico:

"Dos quatro elementos a medicina antiga derivou quatro humores básicos, e deles quatro temperamentos. Vamos considerar rapidamente cada um deles, pois conhecimento do temperamento é fundamental para a astrologia natal; para tanto, levemos em conta a divisão proposta por John Frawley nos quatro tipos representativos dos temperamentos, os guerreiros, os escribas, os fazendeiros e os escravos."

http://scriptorium-ix.blogspot.com/2015/10/sobre-os-4-elementos-e-os-4.html

O negócio é astrologia mesmo.
Colérico – Fogo
O colérico é o tipo do guerreiro. É o sujeito que tem muita energia para gastar. O fogo é quente. Por isso também o guerreiro destrói, e não constrói. Ele afasta as partes. O fogo é seco, isto é, o ideal é que o guerreiro mantenha a sua figura, senão ele morre e não vai mais guerrear. Além disto, o guerreiro normalmente defende algum ideal, o qual dá a medida da sua integridade em outro sentido.

Sangüíneo – Ar
O ar é quente, repele as partes; e úmido, não determina a sua figura. Este temperamento é portanto o mais adaptável em si. É possível dizer que, ao menos na literatura vulgar de Recursos Humanos, hoje em dia as corporações esperam de seus empregados que sejam mais sangüíneos. O colérico quer briga, ele se distingue pelo ardor. O melancólico quer continuar o mesmo; para mudar ele precisa incorporar a mudança a si. Já o sangüíneo se adapta às circunstâncias, mas para contorná-las, em vez de atacá-las frontalmente. Seu tipo é o do escriba bem no sentido das profissões contemporâneas associadas a escrever, como o jornalismo. O elemento ar também está associado a tudo o que é mental.

Melancólico – Terra
A terra é fria, ela mantém as suas partes reunidas, e também é seca, não muda de figura. Daí podemos ver que o sujeito melancólico é o que só faz o que quer, na hora que quer, e que pode até não ter muita vontade de fazer nada. A melancolia romântica, porém, é um excesso, uma patologia da melancolia. Se o colérico só faz o que quer, ele se move com mais facilidade à alguma ação do que o melancólico. Os melancólicos não se alteram muito. Daí que seu tipo seja o do fazendeiro: diante da terra, que tem seus ritmos próprios, não há muito o que fazer – ou ao menos não havia quando estes simbolismos foram elaborados, antes da engenharia genética etc. Assim, o fazendeiro é também o mais “conservador” de todos os tipos – o que não deve ser entendido no sentido político, é claro.

Fleumático – Água
A água é fria, atrai as partes, e úmida, não determina a sua figura. Por isso que o temperamento fleumático é o emocional, as emoções são aquáticas. Sentir uma emoção é estar sempre em si mesmo e ao mesmo tempo não determinar bem os limites deste si mesmo, porque você é afetado por algo que em princípio não é você, mas quando você é afetado aquilo passa a ser você de algum modo. John Frawley é um fleumático, e associa este tipo aos escravos porque estes viveriam em função de seu próprio corpo, dominados por instintos que teriam que ser controlados desde fora, isto é, pelos senhores.
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #14
Creio que o Pe. Paulo Ricardo está tentando catolicizar tudo isso

Melhor temperamento é o colérico, na teoria, no mundo das idéias.

 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Camarão Mutante

Mestre dos Mestres
Entrou
21/11/18
Posts
3.549
Reactions
5.230
Colérico – Fogo
O colérico é o tipo do guerreiro. É o sujeito que tem muita energia para gastar. O fogo é quente. Por isso também o guerreiro destrói, e não constrói. Ele afasta as partes. O fogo é seco, isto é, o ideal é que o guerreiro mantenha a sua figura, senão ele morre e não vai mais guerrear. Além disto, o guerreiro normalmente defende algum ideal, o qual dá a medida da sua integridade em outro sentido.

Sangüíneo – Ar
O ar é quente, repele as partes; e úmido, não determina a sua figura. Este temperamento é portanto o mais adaptável em si. É possível dizer que, ao menos na literatura vulgar de Recursos Humanos, hoje em dia as corporações esperam de seus empregados que sejam mais sangüíneos. O colérico quer briga, ele se distingue pelo ardor. O melancólico quer continuar o mesmo; para mudar ele precisa incorporar a mudança a si. Já o sangüíneo se adapta às circunstâncias, mas para contorná-las, em vez de atacá-las frontalmente. Seu tipo é o do escriba bem no sentido das profissões contemporâneas associadas a escrever, como o jornalismo. O elemento ar também está associado a tudo o que é mental.

Melancólico – Terra
A terra é fria, ela mantém as suas partes reunidas, e também é seca, não muda de figura. Daí podemos ver que o sujeito melancólico é o que só faz o que quer, na hora que quer, e que pode até não ter muita vontade de fazer nada. A melancolia romântica, porém, é um excesso, uma patologia da melancolia. Se o colérico só faz o que quer, ele se move com mais facilidade à alguma ação do que o melancólico. Os melancólicos não se alteram muito. Daí que seu tipo seja o do fazendeiro: diante da terra, que tem seus ritmos próprios, não há muito o que fazer – ou ao menos não havia quando estes simbolismos foram elaborados, antes da engenharia genética etc. Assim, o fazendeiro é também o mais “conservador” de todos os tipos – o que não deve ser entendido no sentido político, é claro.

Fleumático – Água
A água é fria, atrai as partes, e úmida, não determina a sua figura. Por isso que o temperamento fleumático é o emocional, as emoções são aquáticas. Sentir uma emoção é estar sempre em si mesmo e ao mesmo tempo não determinar bem os limites deste si mesmo, porque você é afetado por algo que em princípio não é você, mas quando você é afetado aquilo passa a ser você de algum modo. John Frawley é um fleumático, e associa este tipo aos escravos porque estes viveriam em função de seu próprio corpo, dominados por instintos que teriam que ser controlados desde fora, isto é, pelos senhores.

Pegaram os elementos desses RPGs da vida e atribuíram eles as personalidades... Esse povo inventa cada uma.
 
Última vez editado:

Capop

Experiente
Entrou
18/10/18
Posts
486
Reactions
285
amei

Meu namorado é suuuuuuper sanguíneo e eu sou uma super mistura, pra você ter uma noção deu 26% sanguíneo, 26% colérico, 26% melancólico e 22% fleumático, ou seja, não me ajuda muito! rs.
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #17
Ain não sei. Acho que sou colérico. Mas as vezes acho que sou melancólico. E agora.
 
OP
D

.Druh.

Visitante
  • Autor(a) do Tópico
  • Thread Starter
  • #18
Fingolfin morreu em sua ira, mas sei lá, ele era tão ponderado. :unsure:

 
ÚIltima vez editado por um Moderador:

Crie Uma Conta Ou Faça o Login Para Postar Aqui

Você precisa ter um Perfil para comentar ou criar Tópicos

Criar um Perfil

Crie um Perfil para participar! É fácil, rápido e totalmente gratuito.

Fazer Login

Se você já possuí uma conta, faça o login aqui.

Top Bottom